VELVET N’ GOLDMINE / Flavio Leihan

VELVET N’ GOLDMINE / Flavio Leihan
25/07/2015 Rua das Gaivotas 6

VELVET N’ GOLDMINE
Flavio Leihan

23 e 24 de setembro | sexta e sábado | 22h
5€ [bilhete normal] / 3€ [estudantes e profissionais do espectáculo] | | M/16 | [dur: 45min]

 

VELVET N’ GOLDMINE é uma composição coreográfica construída como um solo de uma guitarra, é a trilogia de um corpo andrógino em prol da construção de um universo cada vez mais próximo de um clímax social, uma espécie de pós-apocalipse. Propõe uma nova abordagem sobre a identidade do corpo andrógino. Corpo andrógino universal. Analisa a relação entre o masculino e o feminino, através da pré- ou da pós-disposição do corpo no espaço, reforçando uma visão utópica das qualidades naturais da sexualidade. Apreende a ideia hegemónica não tradicional de uma livre flutuação transgénica, retratando uma mix-up com diferentes momentos de compreensão em limite de igualdade, entre a masculinidade e a feminilidade de um só corpo.

 

/ ficha técnica e artística

direção artística, coreografia, interpretação, cenografia, música ao vivo, texto e documentação Flavio Leihan
consultoria artística Mariana Tengner Barros
desenho de luz  Diogo Mendes
figurinos e adereços Flavio Leihan e Tiago da Costa
participações especiais Bruno Cadinha, Gonçalo C. Ferreira, José Diogo Nogueira, Kayl Worska, Najia Mattos, entre outros
fotografia de cena Diogo Bessa e Rodrigo Tiago
poema José Diogo Nogueira
vídeo promocional Carlota Flor
projeto financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian – Dança
parcerias AAD, Bela Lab da A Bela Associação, Companhia Instável, Mala Voadora e Rua das Gaivotas 6
consultoria Heurtebise
agradecimentos Cláudia Santos, Catarina Lino, Gonçalo C. Ferreira, JD, Luiz Antunes e Rogério Nuno Costa

/ biografia aqui

 

/ / / /
marcações e reservas
bilheteira abre 1h antes do início do espetáculo
912 191 940 (reservas entre as 16h e as 20h, em dia de espetáculo até à hora de início do mesmo) ruadasgaivotas@teatropraga.com

 

 

VELVET N’ GOLDMINE
Flavio Leihan

september 23 and 24, ’16 | friday and saturday | 10pm
5€ [normal ticket] / 3€ [students and performing arts professionals] | | M/16 | [dur: 45min]

 

VELVET N ‘GOLDMINE is a choreographic composition built as a solo of a guitar, it is the trilogy of an androgynous body for the construction of a universe closer and closer to a social climax, a kind of post-apocalypse. It proposes a new approach on the identity of the androgynous body. Universal androgynous body. It analyzes the relationship between the masculine and the feminine, through the pre- or post-disposition of the body in space, reinforcing a utopian vision of the natural qualities of sexuality. It grasps the non-traditional hegemonic idea of a transgenic free-floating, depicting a mix-up with different moments of understanding on the limit of equality between masculinity and the femininity of a single body.

 

/ credits

artistic direction, choreography, interpretation, set design, live music, text and documentation Flavio Leihan
artistic support Mariana Tengner Barros
light design  Diogo Mendes
costume design Flavio Leihan and Tiago da Costa
special guests Bruno Cadinha, Gonçalo C. Ferreira, José Diogo Nogueira, Kayl Worska, Najia Mattos, among others
photography Diogo Bessa and Rodrigo Tiago
poem José Diogo Nogueira
promotional video Carlota Flor
project supported by Fundação Calouste Gulbenkian – Dança
partnerships AAD, Bela Lab da A Bela Associação, Companhia Instável, Mala Voadora and Rua das Gaivotas 6
consultancy Heurtebise
special thanks to Cláudia Santos, Catarina Lino, Gonçalo C. Ferreira, JD, Luiz Antunes and Rogério Nuno Costa

/ biographies here

 

/ / / /
bookings
Ticket office open 1h prior to the beginning of the performance
(+351) 912 191 940 (week days from 4pm to 8pm, on performance days from 4pm until its beginning) ruadasgaivotas@teatropraga.com