UMA COISA NÃO É OUTRA COISA / Catequese com José Maria Vieira Mendes

UMA COISA NÃO É OUTRA COISA / Catequese com José Maria Vieira Mendes
14/12/2015 Rua das Gaivotas 6

UMA COISA NÃO É OUTRA COISA
Catequese com José Maria Vieira Mendes

14 DE DEZEMBRO | 18H Teatro é literatura é teatro
15 DE DEZEMBRO | 18H Teatro não é literatura não é teatro
16 DE DEZEMBRO | 18H Uma coisa não é outra coisa
DURAÇÃO APROX. 1H
participação gratuita limitada aos lugares existentes | sugere-se inscrição prévia

 

Três aulas e conversas com José Maria Vieira Mendes sobre história do teatro, literatura dramática, relações entre coisas e sobre preconceitos e preponderâncias, mitos, moralismo, diferenças e liberdade.

“Poder-se-á suspeitar que pretendo encontrar o significado justo e que é por esse motivo que despisto significados. Se assim fosse, o objetivo seria o mesmo de quem arranca tudo o que é daninho para deixar ver o que importa. Não é essa no entanto a tarefa a que me proponho. Quando arranco ervas, é para que outras possam crescer, quando apago ou faço hibernar significados, é para que outros significados possam emergir.”

José Maria Vieira Mendes

CATEQUESE é um título que alberga oficinas, conferências e atividades de diferentes formatos do Teatro Praga, que tiveram início em 2011. Ponto comum, a vontade de ser um momento de reflexão, misto de intimidade dubitativa e pregação intolerante, completada por períodos de acção, em espírito grego, e saltos artísticos. É um prelúdio de universidade inspirada no mestre ignorante e não no sábio decano amedrontado. Joga-se no campo da comunicação sem garantias. Dos participantes espera-se iniciativa crítica e vontade de adorar.

/ sobre josé maria vieira mendes

Escreve e traduz para teatro. Traduziu peças de Beckett, H. Müller, Fassbinder, René Pollesch, Noel Coward e B. Brecht, etc. Escreveu as peças Dois Homens , T1, A minha mulher, O Avarento ou A última festa, Ana, Paixão Segundo Max, Padam Padam, Um mais um, Terceira idade e Bilingue, entre outras, e dois libretos para óperas de Nuno Côrte-Real e António Pinho Vargas. Escreveu também textos para o artista plástico Vasco Araújo. As suas peças estão traduzidas e publicadas em mais de uma dezena de línguas, com produções no Brasil, Espanha, Alemanha, Suécia e Áustria. Dirige workshops e participou em conferências sobre o seu trabalho não apenas em Portugal mas também no estrangeiro. Desde que se juntou ao Teatro Praga, em 2008, colaborou em praticamente todas as criações. Foi distinguido, entre outros, com o Prémio Revelação Ribeiro da Fonte 2000, Prémio ACARTE/Azeredo Perdigão 2000 e Prémio Luso-Brasileiro de Dramaturgia António J. da Silva 2006. Terminou recentemente a sua tese de doutoramento no programa de Teoria da Literatura da Universidade de Lisboa em parceria com o programa Inter-Arts na Freie Universität em Berlim e o Departamento de Filosofia da Linguagem da Universidade Nova de Lisboa.

 

/ / / /
inscrições até 11 de dezembro | 912 191 940 | ruadasgaivotas@teatropraga.com
Em caso de sobrelotação, dá-se preferência a quem puder estar nas três sessões.

ONE THING ISN’T ANOTHER
Catechism with José Maria Vieira Mendes

DECEMBER 14 | 6 PM Theatre is literature is theatre
DECEMBER 15 | 6 PM Theatre isn’t literature isn’t theatre
DECEMBER 16 | 6 PM One thing isn’t another
DURATION: APPROXIMATELY 1H
free – limited capacity | registration in advance is recommended

 

Three classes about the history of theatre, drama, relations between things and prejudices, as well as predominances, myths, moralism, differences and freedom.​​

“One may suspect I intend to find the right meaning and that’s why I seek meanings. If that were the case, the goal would be the same as weeding in order to clear the path to what is meaningful. That isn’t the task I assigned for. When I tear up weeds, I do it so that others can grow. When I erase or bring meanings to sleep, I do it so that other meanings can emerge.

José Maria Vieira Mendes

CATECHISM is a title that comprises workshops, conferences and different activities by Teatro Praga, initiated in 2011. All of them wish to be a moment of reflection, a mix of doubtful intimacy and intolerant preaching, complemented by action (as in greek spirit) and artistic leaps. It’s a prelude of university, inspired by the ignorant master and not by the old wise professor. We are opening a department for communication with no guarantees. The participants are expected to have a critical mind and to adore.

/ about josé maria vieira mendes

Writes and translates Theatre. He has translated works by Beckett, H. Müller, Fassbinder, René Pollesch, Noel Coward e B. Brecht, etc. He has written the pieces Dois Homens, T1, A minha mulher, O Avarento ou A última festa, Ana, Paixão Segundo Max, Padam Padam, Um mais um, Terceira idade and Bilingue, among others, as well as two opera librettos by Nuno Côrte-Real and António Pinho Vargas. He has also written texts for the visual artist Vasco Araújo. His plays are translated and published in over a dozen languages, produced in Brazil, Spain, Germany, Sweden and Austria. He has given workshops and has taken part in conferences about his work in Portugal and abroad. Since he joined Teatro Praga in 2008, he has collaborated nearly in all its creations. José Maria has recently finished his PhD thesis in the programme of Literature Theory of Universidade de Lisboa, in partnership with the programme Inter-Arts of Freie Universität in Berlin and the Language Philosophy Department of Universidade Nova de Lisboa.

 

/ / / /
registrations until December 11 | 912 191 940 | ruadasgaivotas@teatropraga.com
In case of overbooking, those who can attend the three sessions are granted priority.