SU8MARINO / Joana Castro

SU8MARINO / Joana Castro
17/03/2016 Rua das Gaivotas 6

SU8MARINO
Joana Castro

16-17 fevereiro ’18 | sexta e sábado | 21h30
5€ [bilhete normal] | [dur: 50min]

Em Su8marino, procuro possibilidades de desterriorialização como desconstrução de paradoxos, encarando o paradigma da criação enquanto produção de novas formas de subjectivação. Como construir uma matriz intersubjectiva de relações entre o entendimento da criação artística enquanto demarcação de território, como refere Deleuze, a desconstrução do poder (territorial) gerando “linhas de voo”, a produção de novos espaços, territórios possíveis e alternativos, a criação de novas configurações semióticas não absolutas e o limite da linguagem/palavra enquanto transformação em contínuo devir.

Nesta peça, o performer é também observador, público, náufrago, construtor de camadas submersas, emergindo enquanto metáfora existencial. Su8marino é um ritual, uma fronteira esbatida onde camadas de (des)(re)territorialização abrem espaço à metamorfose.

Como reagir ao universo envolvente, onde a Síria se desfaz, o Brasil encolhe, os EUA estão no limite e a Europa asfixia? Em que medida, a consciência da globalização na relação com o espaço privado, se ritualiza e se transforma num espaço poético e abstracto onde as possibilidades de existência a substituem?

Su8marino é uma peça onde os espaços globalizados permanecem, entrelaçados num espaço pessoal, num corpo específico, cheio de referências que se vão desreferenciando em busca de múltiplos.

/ ficha artística e técnica

Conceção, criação coreográfica, cénica e interpretação Joana Castro

Música original Adriano Fontana e Joana Castro
Apoio ao figurino Jordann Santos
Desenho de luz Alexandre Vieira e Joana Castro
Texto e documentação Joana Castro e Telma João Santos
Assistência de ensaios Camila Neves
Aconselhamento artístico Vânia Rovisco
Registo e edição do espectáculo Eva Ângelo
Agradecimentos Joclécio Azevedo, Renata Portas e Raquel Ferreira
Residências e apoios na criação Conquering the Studio 2016: a time for research de Cristina P. Leitão | Lugar Instável, DeVIR/CAPa, Palácio do Sobralinho, Inestética companhia teatral, Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Centro de Criação de Candoso | CCVF, Serviço de Emergências 2016 | Teatro de Ferro
Co-produção Teatro Municipal do Porto Rivoli. Campo Alegre

 

/ biografias aqui

 

/ / / /
marcações e reservas
bilheteira abre 1h antes do início do espetáculo
912 191 940 (reservas entre as 16h e as 20h, em dia de espetáculo até à hora de início do mesmo) ruadasgaivotas@teatropraga.com