Press

↓ DOWNLOAD DOSSIER DE IMPRENSA ↓

 

Rua das Gaivotas 6
em Janeiro e Fevereiro 2018

 

↓DOWNLOAD PRESS KIT ↓

 

Rua das Gaivotas 6
in January and February 2018

 

O ano começa na Rua das Gaivotas 6 com uma programação marcada pelo teatro e pela dança.
Depois de um 2017 em cheio, entramos no novo ano com uma nova sala polivalente, a Sala Rosa, dedicada à apresentação de trabalho de artistas emergentes, e com uma nova identidade visual, criada à imagem da singularidade deste espaço.
Os Recém-Chegados inauguram 2018 na Rua das Gaivotas 6, apresentando “Carcasse”, uma longa-mteragem dos artistas visuais Clémentine Roy e Gústav Geir Bollason, no dia 4 de Janeiro, às 20h.
Logo de seguida, no dia 5, Rodrigo Sobarzo Sara Gebran, Paula Caspão e Rebecka Stillman apresentam-nos REMOTE SENSING / CINEMATIC MONTAGE, uma performance multidimensional que consiste na re-mediação de textos selecionados, imagens imóveis e em movimento e sons.  Damos ainda as boas vindas a Anton Skrzypiciel, que irá coordenar o workshop que se debruça sobre a presença do performer no acto, propondo vários exercícios baseados na ideia de acção e reacção, tanto no aspecto emocional quanto físico, a várias situações.
Por seu turno, Fábio Lopes apresenta “À Procura do Lugar Feliz”, uma performance sobre a transgressão e práticas socialmente transgressivas, no dia 19 de Janeiro.
O Colectivo Qualquer e a Carolina Campos encerram a programação do mês com “Praia”, espetáculo de dança patente entre dia 25 e 27 de Janeiro.
Fevereiro reserva-nos o espetáculo “Finado – Primeira Parte” de Mário Coelho, patente entre dia 1 e 4 de Fevereiro e “Su8marino” da autoria de Joana Castro, entre dia 16 e 17 de Fevereiro. O Centro de Documentação e Mediateca está, como sempre, aberto de segunda a sexta, das 14h às 20h e o estúdio de som aberto a novas utilizações e projectos, mediante reserva do mesmo, através do e-mail ruadasgaivotas@teatropraga.com.

Venham visitar-nos!

The year begins at Rua das Gaivotas 6 with a program marked by theater and dance. After a full 2017, we enter the new year with a new multipurpose hall, a Pink Room, dedicated to the presentation of work by emerging artists, and with a new visual identity, created in the image of the singularity of this space.
Os Recém-CHegados opened 2018 at Rua das Gaivotas 6, featuring “Carcasse”, a film by the visual artists Clémentine Roy and Gústav Geir Bollason, on January 4, at 8:00 PM.
Right after, on the 5th, Rodrigo Sobarzo, Sara Gebran, Paula Caspão and Rebecka Stillman present us with REMOTE SENSING / CINEMATIC ASSEMBLY, a multidimensional performance which consists on a re-mediation of selected texts, moving and still images and sound. We also welcome Anton Skrzypiciel, who will coordinate the workshop that focuses on a performer’s presence in the act, proposing several exercises based on the idea of action and the both in the emotional and physical aspects, to various situations.
In turn, Fábio Lopes presents “À PRocura do Lugar Feliz” (“In Search of the Happy Place”), a performance on transgression and socially transgressive practices, on January 19.
Colectivo Qualquer and Carolina Campos close January’s programme with “Praia”, a dance show presented between January 25 and 27.
In February we’ll host “Finado – Part One” a show by Mário Coelho, from February 1 to 4 and “Su8marino”, by Joana Castro, from the 16th to the 17th of February. The Documentation and Media Library Center is, as always, open from Monday to Friday, from 2:00 p.m. to 8:00 p.m. and the sound studio is open to new uses and projects, by appointment, through the email ruadasgaivotas@teatropraga.com.

Come visit us!