Perto…tanto quanto possível / Joana Castro

Perto…tanto quanto possível / Joana Castro
12/06/2015 Rua das Gaivotas 6

PERTO…TANTO QUANTO POSSÍVEL
Joana Castro

24 e 25 de junho | sexta e sábado | 21h30 [dur: 45min]
5€ (bilhete único) | M/16

 

Joana e Bruno. Dois nomes que são dois corpos. Um feminino, o outro masculino. Dados factuais que seriam irrelevantes não fosse a evidência que se referem a duas pessoas, genericamente diferentes, que vão encontrar-se pela primeira vez num espaço de ficção, que é sempre um espaço de desejo — o palco (e, concomitantemente, a dança) é esse lugar sem género que impõe um olhar crítico sobre a pulsão do que nos atrai, cativa, excita, ou invade. No espaço da “realidade”, porém, os dois corpos, feminino e masculino, nunca tiveram qualquer tipo de contacto sexual com o sexo oposto. Isto só é importante porque nesta peça-experiência (não confundir com ‘experimental’) pretende-se construir um espaço-antípoda, perguntando: E se…? Para tal: derrubam-se todas as categorizações, redefinem-se todas as definições. Ou seja, a historiografia da sexualidade que diariamente Joana e Bruno constroem no real (diacronia) será aqui e agora confrontada com a estória da sensualidade momentânea construída em performance no ficcional (sincronia). Dois corpos que são dois nomes, e que se encontram pela primeira vez como se fosse possível contrariar a genealogia para subverter a nomenclatura, ultrapassar a repulsa para abraçar o mistério, fintar o preconceito para conhecer o desconhecido, ensaiar o anatómico para vencer o psíquico. E porque é de um espectáculo que se trata, pretende-se explorar essa possibilidade-antípoda de entretenimento que reencena a “realidade” para a servir como último escape ficcional. Ou vice-versa…” Rogério Nuno Costa

 

/ ficha técnica e artística

concepção e direção Joana Castro
co-criação e interpretação Bruno Senune e Joana Castro
música original Flávio Rodrigues
guarda roupa Flávio Rodrigues e Joana Castro
desenho de luz Carin Geada
fotografia Lino Cabral
agradecimentos André Mendes, Joana Alves e Raquel Ferreira

 / biografias aqui

 

/ / / /
marcações e reservas
bilheteira abre 1h antes do início do espetáculo
912 191 940 (reservas entre as 16h e as 20h, em dia de espetáculo até à hora de início do mesmo) ruadasgaivotas@teatropraga.com

 

PERTO…TANTO QUANTO POSSÍVEL
Joana Castro

June 24th and 25th | friday and saturday | 9.30pm [duration: 45min]
5€ (fixed price) | >16

 

“Joana and Bruno. Two names that are two bodies. A female, the other male. An evidence that would be irrelevant if was not referring to two people, genetically different, which will meet for the first time in a space of fiction, which is always a space of desire – the stage (and, concomitantly, the dance) is this place without gender imposing a critical eye on the pulse of what attracts us, captivates, excites, or invades. On the space of “reality”, however, the two bodies, male and female, have never had any sexual contact with the opposite sex. This is important only because in this piece – experience (not to be confused with ‘experimental’) aims to build a space-antipode, asking: what if… to do this: knock up all categorizations, redefine themselves all settings. In other words the historiography of sexuality that daily Joana and Bruno build in their own reality (diachrony) is here and now confronted with the story of momentary sensuality built in performance in the fictional (syncrony). Two bodies that are two names, and meet for the first time as if it were possible to counteract the genealogy to subvert the nomenclature, overcome the repulsion to embrace the mystery, dribble the preconception to know the unknown, to test the anatomical to win the psychic. And because it’s a performance, we intend to explore this possibility – antipode of entertainment that reenacts the “reality” to serve as a last fictional escape. Or vice versa … ” Rogério Nuno Costa

 

/ credits

concept by Joana Castro
performed by Bruno Senune and Joana Castro
original music Flávio Rodrigues
costumes Joana Castro and Flávio Rodrigues
light design Carin Geada
photography Lino Cabral
acknowledgments André Mendes, Joana Alves and Raquel Ferreira

/ biographies here

 

/ / / /
bookings
Ticket office open 1h prior to the beginning of the performance
(+351) 912 191 940 (week days from 4pm to 8pm, on performance days from 4pm until its beginning) ruadasgaivotas@teatropraga.com