ODE AO AMOR OU MORTE AO SISTEMA LÍMBICO / João André

ODE AO AMOR OU MORTE AO SISTEMA LÍMBICO / João André
14/03/2016 Rua das Gaivotas 6

ODE AO AMOR OU MORTE
AO SISTEMA LÍMBICO
Bruta

29—31 março 2018 | quinta – sábado | 21h30
7,5€ [bilhete normal] | 5€ [descontos*]
[dur: 80min] | M/16

 

A esperança de amar é necessária. É também míngua. É algo que nos transcende mesmo quando nos obrigamos a renunciá-la. Mesmo quando preferimos optar pela assexualidade, pela liberdade, ou talvez prisão, de sermos só nós. Temos de o fazer, temos de respirar, sentir, beijar, dar festas, chorar, sorrir, gargalhar, soluçar, correr. O que sabemos nós afinal? “Ode ao mor ou Morte ao Sistema Límbico” trata precisamente essa batalha, muitas vezes infernal, entre querer e não suportar, o Amor. Numa atribulada viagem, com paragens pelos géneros de Amor de Roland Barthes, brincamos com palavras de Shakespeare, tentando agarrar conclusões com a ajuda de Daniel Goleman. Acima de tudo, agarramos em nós próprios, nas nossas entidades, e escolhemos uma série de “sub-temáticas” de Amor: O Amor Paternal; O Amor Feliz; o Desgosto Amoroso; o Amor Trágico; Poliamor; o Ciúme; Carapaça; Pluralidade de Géneros; Primeiro Amor. Afinal o que é o sistema límbico? Que influência tem ele no nosso comportamento? Apresentamos um puzzle por montar, espalhado numa mesa,  desorganizado. Cabe a cada um organizá-lo da forma que preferir.

 

/ ficha artística e técnica

criação e encenação João André
elenco Carolina Picoito Pinto, Cirila Bossuet, João André, Joana Fernandes, Jorge Albuquerque, Maria Alves, Maria Muge, Mariana Portocarrero, Rita Liberal e Rodrigo Ribeiro
música João André
voz-off Zé Alberto
dramaturgia Carolina Picoito Pinto e João André
desenho de luz Manuel Abrantes
figurinos Rita Liberal
teaser e fotografia Sibila Lind
design Inês Sousa
produção Bruta Companhia de Teatro

 

/ biografias aqui

/ teaser aqui

 

/ / / /
marcações e reservas
bilheteira abre 30 minutos antes do início do espetáculo
912 191 940 (reservas entre as 16h e as 20h, em dia de espetáculo até à hora de início do mesmo) ruadasgaivotas@teatropraga.com

* estudantes e profissionais das artes do espetáculo

ODE AO AMOR OU MORTE
AO SISTEMA LÍMBICO
Bruta

march 29—31, 2018 | thursday – saturday | 9.30 pm
7,5€ [normal ticket] | 5€ [discounts]
[dur: 80min] | M/16

 

The hope for loving is necessary, it is also lacking. It transcends us even when we must renounce it. Even when we prefer to opt for asexuality, for freedom, or perhaps imprisonment, to just be us. WE must do it, we must breathe, feel, kiss, caress, cry, smile, laugh, sob, run. What do we know after all? “Ode to Love or Death to the Limbic System” addresses precisely this often infernal battle between wanting and refusing, Love. On a rocky journey, stopping at the types of Love of Roland Barthes, we play with words of Shakespeare, trying to reach conclusions with the help of Daniel Goleman. Above all, we hold on to ourselves, to our entities, and choose a series of sub themes of Love: Paternal Love, Happy Love, the Loving Heartbreak, the Tragic Love, Polyamory, Jealousy, The Shell, the Plurality of Genres, First Love. After all, what is the limbic system? What influence does it have in our behaviour? We present to our audience a puzzle that needs assembling, spread out on a table, disorganised. It is up to each one of us to organise it the way we prefer.

 

/ credits

creation and stage direction João André
cast Carolina Picoito Pinto, Cirila Bossuet, João André, Joana Fernandes, Jorge Albuquerque, Maria Alves, Maria Muge, Mariana Portocarrero, Rita Liberal e Rodrigo Ribeiro
music João André
voice over Zé Alberto
playwriting Carolina Picoito Pinto and João André
light design Manuel Abrantes
costumes Rita Liberal
teaser and photography Sibila Lind
design Inês Sousa
production Bruta Companhia de Teatro

 

/ biographies here

/ teaser here

 

/ / / /
bookings
Ticket office open 30 minutes prior to the beginning of the performance
(+351) 912 191 940 (week days from 4pm to 8pm, on performance days from 4pm until its beginning) ruadasgaivotas@teatropraga.com