TOMAR POSIÇÃO, O POLÍTICO E O LUGAR / Baldio

TOMAR POSIÇÃO, O POLÍTICO E O LUGAR / Baldio
22/03/2016 Rua das Gaivotas 6

TOMAR POSIÇÃO, O POLÍTICO E O LUGAR:
SOBRE O CURSO EXPERIMENTAL EM ESTUDOS DE PERFORMANCE LEVADO A CABO PELO BALDIO ENTRE SET – DEZ 2016
Baldio – Estudos de Performance

13 dezembro 2017 | quarta | 18h – 20h30
para mais informações sobre
a entrada, contactar baldiohabitado@gmail.com

 

Recomposição de uma experiência

Com a experiência de Tomar Posição, o político e o lugar – Curso Experimental em Estudos de Performance tornou-se evidente a urgência e a importância do debate e da experimentação em torno da questão do ensino em geral (schooling/ unschooling/deschooling), e do ensino artístico em particular, num país onde apenas na década de 1990 o ensino artístico apareceu referido em decreto-lei, e num momento em que muito do trabalho neste campo empreendido desde o 25 de Abril de 1974 está a ser desmantelado. Mas foi em torno da própria noção de estudo, e sobretudo das práticas de estudo, que o curso tomou forma, ao longo dos quatro eixos (Oficina Continuada em Estudos de Performance; Práticas Urbanas Situadas; Incorporações da Linguagem; Do Arquivo como Gesto – Travessias Digitais), em que se estruturou.

Tendo como ponto de partida esta experiência, a residência tem como razão de ser o desejo de proceder a um trabalho de rememoração (re-composição) colectiva a partir do tratamento dos vários registos produzidos, bem como das nossas memórias individuais, procedendo à recolecção interna do que foram as suas práticas de modo a com elas e por elas reflectir e problematizar formas de ensino e práticas de estudo mais ou menos experimentais. Trabalho de re-abordagem e de re-articulação que nos parece necessário à preparação — à imaginação colectiva — das vidas futuras da experiência em questão, venham elas a acontecer em situação de conversa e reflexão crítica entre pares, ou numa próxima edição do Curso.

 

/ / / /
reservas e marcações
para mais informações, contactar baldiohabitado@gmail.com

TOAKING POSITION, THE POLITICAL AND PLACE:
ABOUT THE EXPERIMENTAL COURSE IN PERFORMANCE STUDIES CARRIED OUT BY BALDIO BETWEEN SEPT – DEC 2016
Baldio – Estudos de Performance

december 13, 2017 | wednesday | 6 pm – 8.30 pm
for  further information about the
entrance, please contact baldiohabitado@gmail.com

 

Re-composition of an experience

The experience of Taking Position, the Political and Place – Experimental Course in Performance Studies brought about the relevance and the urgency of the debate and experimentation around the issue of education in general (schooling / unschooling / deschooling), and of artistic education in particular, in a country where artistic education has been mentioned in a decree-law only in the 1990s, and at a time when much of the work that has been undertaken in this field since April 25 1974 is being dismantled. But it was around the very notion of ‘study’, and especially of ‘study practices’, that the course took shape, throughout the four axes that constituted it (Continuous workshop in Performance Studies; Situated Urban Practices; Language Incorporations; The Archive as Gesture – Digital Crossings).

Starting from this experience, the reason for this gathering is the desire to take on a work of collective remembrance (re-composition). Digging in the various records produced along the course, as well as in our individual memories, we will carry on an internal recollection of what constituted its practices, in order to reflect with and through them, as we question more or less experimental study practices and forms of teaching. A work of re-approaching and re-articulation that seems necessary to the preparation – to the collective imagination – of the future lives of the experience in case, whether they occur in a situation of conversation and critical reflection among peers, or in an upcoming edition of the Course.

 

/ / / /
bookings
for further informations, contact baldiohabitado@gmail.com